Agora sim, DDA

Depois que ouvi falar tanto da Ritalina, resolvi deixar de ser preguiçosa e ler mais a respeito do DDA. A Ritalina, pelos efeitos que eu li, poderia me ajudar nos meus problemas, mas primeiro eu tinha que saber se os sintomas batiam com o DDA, afinal de contas eu tinha lido aquele primeiro livro há um bom tempo atrás, e não lembrava mais do que se tratava.

Havia mais um livro que tinha passado pela minha mão sem a devida atenção. Há um ano meu namorado havia me emprestado o livro “Mentes Inquietas“, da psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva. Por falta de tempo e organização, não pude lê-lo.

Além do mais, estava na época em que achava que era tudo frescura e que eu não tinha nada, então acabei ignorando o livro. Mas dessa vez eu mesma o adquirir, e vou ler aos poucos, conforme minha agenda apertada for me permitindo.

Enquanto isso não acontecia, fui procurando pela internet sites e mais sites sobre o DDA ou TDA. Os melhores que encontrei vocês podem acessar aí ao lado, na seção de links “Mais sobre o DDA”. Todos traziam informações um pouco diferentes, mas que se pareciam muito no geral.

Para saber mais, realizei dois testes que foram importantes para agrupar os sintomas. Um deles é do site “Orientações Médicas” e o outro é um “teste da própria ABDA“. Ao ir respondendo as questões, comecei a encontrar sintomas que eu jamais teria relacionado ao DDA, como ouvir mal e ter dificuldades para acordar, grandes problemas meus.

Entretanto, já aviso que esses testes não dão o diagnóstico final de qualquer doença. Não vale fazer o teste e sair por aí dizendo que tem TDA. Certo, foi importante para saber que você possui esses sintomas, mas só um médico especializado poderá dizer em qual grau você tem essas coisa e se é realmente o TDA o seu problema, já que também pode ser depressão, bipolaridade, ansiedade ou outros problemas.

Fiquei bem impressionada, e mais convencida ainda de que tenho DDA ou TDA, sem a parte da Hiperatividade, entretanto. E como estou em uma situação grave de entrega de trabalho, logo me empolguei para tomar logo a tal da Ritalina. Eu pensei em adquirir logo, com uma receita qualquer, mas no final das contas achei que seria mais inteligente marcar um psiquiatra, o médico que achei ser o mais ideal para o caso.

Leia mais sobre DDA na Wikipédia.

03/11/2009. Tags: , , , , , , , , . Memórias, Sintomas. Deixe um comentário.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.